ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Maria José Valério

mjvalerioFoi na simpática, risonha e linda Amadora, que viu a luz do dia num bonito dia 6 de maio de 1933.

Andou na escola primária e mais tarde matriculou-se no Liceu D. João de Castro, porque queria tirar o Curso de Direito, mas a cantoria estava sempre com ela, e o seu destino já estava marcado. O tio Maestro Frederico Valério, referência da música em qualquer parte do mundo, levou-a à Emissora Nacional onde foi apurada. Em 1950 estreou-se no Cinema Tivoli numa festa de aniversário do S.C.P.,  o clube da sua simpatia, onde estreou a célebre “Marcha ao Sporting da dupla famosa, Manuel Paião e Eduardo Damas.

Correu Portugal de Norte a Sul do País, levando na bagagem lindas canções do tio Valério, pérolas da música Portuguesa tais como – “Cantarinhas”, “Fado da Solidão” e ainda “As Carvoeiras”, etc.

Correu as ilhas, Açores e Madeira, sempre com sucesso. Discos, televisão foi das primeiras a fazer neste País, não só RTP em Portugal como em Espanha.

Percorreu o Mundo inteiro sempre com um sorriso e alegria de viver. Foi atração no Teatro de Revista, no Cinema entrou no filme, “O Homem do Dia” com o grande ciclista Alves Barbosa. O seu momento mais feliz foi o casamento com o grande toureiro José Trincheira em 1962.

A festa que a marcou foi no dia 1 de abril de 2004 no Fórum Lisboa, onde recebeu a medalha de Lisboa, das mãos do seu amigo Dr. Santana Lopes.

Setembro/2014

 

pessoa