ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Joaquim Franco

jfrancoJoaquim Franco nasceu em Lisboa, em 1967, e sempre viveu na Amadora.

Aos 14 anos, integrou a comunidade juvenil da paróquia da Amadora que acompanhava de perto bairros pobres e famílias desfavorecidas.

É licenciado e investigador em Ciência das Religiões na ULHT e no CLEPUL e formado em jornalismo pelo CENJOR.

Atualmente jornalista da SIC, passou pelo Correio da Manhã Radio, pela Rádio Comercial e pela TSF, antes de, em 2000, integrar a equipa fundadora da SIC Noticias.

Despertou para a Comunicação Social nas primeiras rádios locais da Amadora.

Joaquim Franco é membro da Comissão Nacional Justiça e Paz e da administração da Santa Casa da Misericórdia da Amadora.

Na sua carreira tem diversos trabalhos premiados, ou referenciados, sobretudo na área da religião, dos quais destacamos:
“Terceira Idade da Inocência” (TSF, 1999);
“Jesus descodificado” (SIC, 2005);
“Ritual da Morte no Islão” (SIC, 2006);
“João Paulo II, o 1º Papa Global” (SIC/Expresso, 2006);
“Padres políticos” (SIC, 2008);
“Esplendor da Austeridade” (SIC, 2012);
“Arquivo Secreto Vaticano” (SIC/ Expresso, 2012).

Em 2013, venceu o Prémio Consciência e Liberdade, atribuído pela Associação Internacional para a Defesa da Liberdade Religiosa.

É autor de crónicas e artigos de opinião em revistas de especialidade, na SIC, na RR e no blog Religionline.

Publicou, entre outros, os livros “Do Eu solitário ao Nós solidário” e “Somos pobres mas somos muitos” (ed. Verso da Kapa), com o frei Fernando Ventura, num diálogo sobre o Homem, o Mundo e o papa Francisco.

A 22 de outubro recebeu o galardão relativo à 17.ª edição do Prémio Literário Orlando Gonçalves – Modalidade Jornalismo, pela reportagem "Esplendores“.

Julho/2014

 

pessoa