ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.

Manuel Cavaco

mcavacoManuel Cavaco, atualmente é o sapateiro “António Sousa” (na novela Poderosas, a transmitir na SIC), mas já foi: “Manuel Cauteleiro”, “Raimundo”, “Bicas”, “Joaquim Mestre”, “Horácio”, “Júlio Fragoso” e “coronel Saraiva”, entre outros.

São muitos, e bons, os personagens a que Manuel Cavaco deu vida na televisão. Mas aqueles que mais gosta são os que estão à margem, os vagabundos.
Na vida real assume-se como rigoroso, generoso, boa pessoa e de sangue na guelra. Chora com a vida e não alimenta ressentimentos.

Frequentou o Conservatório Nacional de Teatro, não tendo completado o curso de Formação de Atores por ter iniciado o percurso profissional.

Começou a representar aos quatro anos, e foi com o propósito de ser útil aos outros que nasceu o sonho de querer ser ator. Afirma sentir-se “calibrado para o drama, para o quotidiano”.

Estreou-se como profissional em 1965 no Teatro Moderno de Lisboa e, no fim desse ano, foi co-fundador do Teatro Experimental de Cascais. Passou pelo Grupo de Acção Teatral, integrou a companhia de Amélia Rey Colaço - Robles Monteiro (sediada no Teatro Nacional D. Maria II), passou também pelo Teatro Villaret, Teatro Aberto e em 1986 regressou ao Teatro Nacional para interpretar (com Eunice Muñoz) a peça “Mãe Coragem”, de Bertolt Brecht. Ao longo do seu percurso profissional, interpretou dezenas de papéis em peças de autores clássicos e contemporâneos, fez cinema e séries televisivas.

Na televisão participou em novelas e séries transmitidas em diferentes canais. Ainda que tenha sido a televisão a traze-lo para a ribalta, foi o teatro que o fez ator.

Manuel Cavaco nasceu a 14 de junho de 1944, no seio de uma família de amadores teatrais, é casado há mais de 30 anos e vive na freguesia de Alfragide.

Julho/2015

 

pessoa